segunda-feira, 3 de janeiro de 2022

Consumo de energia bate novo recorde no Brasil

 

O consumo de eletricidade em novembro no Brasil foi o maior para o mês em toda a série histórica, desde 2004, atingindo 41.940 gigawatts-hora (GWh), informou a Empresa de Pesquisa Energética (EPE) nesta quinta-feira, 30. O consumo avançou 1,4% em comparação com mesmo período de 2020, revertendo a retração apresentada no mês de outubro.

O comércio e a indústria tiveram um bom desempenho e puxaram a expansão, segundo a EPE. Em 12 meses, o consumo totalizou 499 361 GWh, crescimento de 5,3% comparado ao período anterior. O mercado livre apresentou alta de 8,2% no consumo no mês passado, enquanto o consumo cativo das distribuidoras de energia elétrica retraiu 2,5% em novembro, informou a EPE.

O consumo de eletricidade na indústria subiu 3,9% em novembro, em comparação com igual período de 2020, registrando 15.357 GWh, o maior para novembro desde 2014. À exceção do Sul (+0,1%) em estabilidade, todas as regiões geográficas apresentaram crescimento do consumo industrial, com destaque para Nordeste (+8,2%) e Norte (+8,0%) que anotaram as maiores expansões, seguidos por Sudeste (+3,7%) e Centro-Oeste (+3,6%). Entre os estados, Alagoas (+34,4%) ainda se destaca com a maior taxa, devido ao efeito base baixa no setor químico.

Nenhum comentário: