segunda-feira, 8 de novembro de 2021

Mais de 670 aposentados e pensionistas faltam à prova de vida e podem ter benefício bloqueado em dezembro, diz Ipern

 

O governo do Rio Grande do Norte informou que pelo menos 678 servidores aposentados e pensionistas ligados à previdência estadual poderão ter os benefícios suspensos em dezembro por não terem comparecido à prova de vida realizada pelo Instituto de Previdência dos Servidores Estaduais (Ipern). O órgão informou que prorrogou o prazo até o dia 30 de novembro para tentar regularizar a situação desses inativos e evitar a suspensão dos pagamentos.

A retomada da prova de vida pela previdência estadual ocorreu em setembro, após ser suspensa por causa da pandemia da Covid-19. Dos 4.665 inativos que deveriam fazer essa atualização cadastral ao longo do mês (3.812 aposentados e 843 pensionistas), deixaram de comparecer 512 aposentados e 166 pensionistas.

Nenhum comentário: