segunda-feira, 4 de maio de 2020

PROFISSIONAIS DE SERVIÇOS FUNERÁRIOS SE ADEQUAM CUIDADOS COM O LUTO DURANTE A PANDEMIA

Velórios passaram a ter restrições por causa do novo coronavírus — Foto: Divulgação

Em tempos de pandemia, o luto é um sentimento cada vez mais frequente e mais difícil de lidar. Com algumas restrições a velórios e sepultamentos para mortes por Covid-19 ou não, muitos familiares se sentem angustiados. Os profissionais de serviços funerários trabalham diretamente com a dor da perda e têm atuado diariamente com os cuidados relacionados tanto à prevenção quanto ao auxílio de clientes que perderam um ente querido. 

Érika Carvalho, atendente do Plano Sempre, em Natal, conta que, mesmo diante do risco da doença, poder contribuir para o conforto dos clientes em um momento de dor faz com que o medo fique em segundo plano. "Sabemos que nosso ramo de trabalho é um dos que não pode parar, pois lidamos diariamente com pessoas enlutadas. Poder ajudar os clientes de forma que eles se sintam mais confortados é algo que desperta ainda mais vontade de estar aqui e ajudar as pessoas que passam por um momento difícil a se concentrar na despedida, mesmo que por meios alternativos", relata. 


Em razão do risco de contágio pelo novo coronavírus, as cerimônias de homenagem e despedida de falecidos acontecem sob restrições. Os velórios têm tempo e circulação de pessoas reduzidas e alternativas como o velório virtual estão sendo adotadas, como já acontece no Morada da Paz desde 2001. 

Nenhum comentário: