terça-feira, 14 de abril de 2020

Vacina sem agulhas é aposta para cenários de pandemia

CORONAVÍRUSA pandemia da Covid-19 tem provocado uma grande corrida contra o tempo em laboratórios de todo o mundo. O primeiro grande e efetivo passo para conter o novo coronavírus é conseguir desenvolver a vacina para imunizar a população contra o SARS-CoV-2. O segundo é produzir e distribuir essa solução em escala global.
Nesse cenário, a farmacêutica Maria Croyle, professora na Universidade do Texas, nos Estados Unidos, anunciou um novo método para vacinação que parece perfeito: a vacinação sem agulhas, que não dói e é mais fácil de ser distribuída.
O método é inspirado em um documentário que relata a preservação do DNA de insetos em âmbar. Da mesma forma, a solução consiste no desenvolvimento de um filme com uma mistura de ingredientes naturais, como açúcares e sais, capaz de preservar o organismo (vírus ou bactéria) durante o processo de produção. Tal filme seria capaz de se dissolver na boca do paciente, permitindo a absorção do material.

Nenhum comentário: