terça-feira, 28 de abril de 2020

Sistema “apaga” o zero do CPF no cadastro e dificulta pedido de R$ 600

CPFTrabalhadores que possuem algum familiar com número de CPF que começa com zero estão enfrentando dificuldades para receber o auxílio emergencial de R$ 600. Segundo relatos, o problema aconteceu no primeiro pedido. Depois, para quem recebeu como resposta que os dados informados eram inconclusivos, o problema se repetiu na hora de fazer a segunda tentativa.
No cadastro do auxílio emergencial, os trabalhadores precisam informar o CPF e a data de nascimento dos membros da família com quem mora. Nessa etapa, o trabalhador digita os números e não acontece nenhum problema com o CPF. Porém, na página final, quando é preciso revisar e confirmar as informações, o zero some do número do digitado, fazendo com que o CPF fique incorreto.

Nenhum comentário: