quarta-feira, 8 de abril de 2020

RN pode ter 157 mil infectados e 874 mortos por coronavírus até 2 de maio, afirma Sesap

A estimativa para o Rio Grande do Norte é de 157 mil de infectados e 874 mortos por coronavírus até 2 de maio, segundo a Secretaria de Saúde do Estado (Sesap). Essa é a estimativa do cenário atual positivo, com um bloqueio de 42% da população em isolamento social. Dados foram apontados durante coletiva do Governo do RN, realizada nesta terça-feira (7).
O relatório tem projeções feitas pela Imperial College London, instituição britânica com um foco em ciência, engenharia e medicina. O médico Ricardo Volpe, que apresentou os dados durante a coletiva, explicou que, por conta do número de casos confirmados de Covid-19 no dia 2 de maio, o sistema de saúde poderia colapsar.
O secretário de Saúde do Estado, Cipriano Maia, explicou que este não é um número oficial, que são tendências e projeções que o comitê de combate ao coronavírus está realizando com base de dados. “Como uma previsão meteorológica, ela não é tão precisa. Ela depende das informações. Nós podemos reverter essa tendência, reverter essas projeções de forma positiva se voltarmos a tomar uma atitude de responsabilidade, de cuidado, de manutenção das medidas de higiene”, disse ele.
Isolamento social
A Secretaria de Saúde do Estado (Sesap) reforçou a necessidade de a população seguir as regras de isolamento estabelecidas via decreto pelo Governo do Estado como forma de enfrentamento à pandemia e alertou que o momento mais crítico no RN está projetado para acontecer nos próximos 14 a 21 dias.
Ainda durante a coletiva, a Sesap informou que 1,2 mil leitos de UTIs (Unidade de Terapia Intensiva) e 10 mil leitos de enfermaria devem integrar os sistemas de saúde público e privado do estado como medida para conter o avanço da infecção.
Números atuais
O Rio Grande do Norte tem 8 mortes por Covid-19, 254 casos confirmados da infecção, além de 2.430 suspeitos e 809 descartados. Os dados foram atualizados no fim da manhã desta terça-feira (7), pela Secretaria de Saúde Pública do Estado (Sesap).
Fonte: Agora RN

Nenhum comentário: