sexta-feira, 13 de março de 2020

CORONAVÍRUS NO RN: SESAP RECOMENDA SUSPENSÃO DE EVENTOS PARA MAIS DE 100 PESSOAS

Foto: Divulgação

“A história natural da doença está se construindo ao vivo, em menos de três meses”. A afirmação do secretário estadual da Saúde, Cipriano Maia, foi feita durante entrevista concedida à imprensa, na manhã desta sexta-feira, 13, para tratar das medidas adotadas após a confirmação do primeiro caso de coronavírus (Covid-19) no Rio Grande do Norte.
A paciente teve o diagnóstico confirmado pelo Instituto Evandro Chagas, no Pará, referência nacional para os exames do Covid-19, e está em isolamento domiciliar em Natal, seguindo as recomendações preconizadas pelo Ministério da Saúde. A mulher de 24 anos apresentou os sintomas durante viagem à Europa, onde esteve na França, Itália e Áustria. Deu entrada no Hospital Giselda Trigueiro no dia 1º de março com febre, tosse seca, obstrução nasal, dores no corpo e discreto desconforto respiratório. Após dois dias de internação em isolamento, está em casa, sem sintomas. Como medida de prevenção, outras 17 pessoas que viajaram em assentos próximos estão sendo monitoradas.
“No recebimento de um caso suspeito, de imediato os serviços de saúde que acolhem o paciente devem isolá-lo e adotar todas as medidas de protocolo assistencial, fazendo a coleta da amostra e encaminhando para o Laboratório Central, em Natal. A notificação deve ser formalizada pelo link disponibilizado pelo Ministério da Saúde e a partir disso todos os processos de verificação de datas de viagem, início de sintomas, percurso desde o retorno da viagem até o adoecimento são feitos para que se consiga trilhar a lista de pessoas que entraram em contato com o paciente”, explicou a subcoordenadora de Vigilância Epidemiológica da Sesap, Alessandra Lucchesi.

Nenhum comentário: