segunda-feira, 3 de fevereiro de 2020

Pesquisa indica as desculpas mais usadas por quem vai trair


O verão está aí e o calor desperta, aparentemente, vontades das mais diversas nas pessoas. Se tem gente que passa o dia sonhando com uma piscina ou com um banho de mar, há que quem associe o clima quente com o desejo de cometer uma traição .

Pelo menos é isso que indica pesquisa do Second Love, site voltado quem busca relações extraconjugais. De acordo com levantamento da plataforma, a partir de meados de dezembro e durante todo o verão a busca por amantes aumenta em 45% em relação às outras épocas do ano. Para completar, 55% dos usuários do site afirmam que traem nas férias.
Quais as desculpas de quem está traindo?
Se aumentam as traições, devem aumentar também as desculpas para que os infieis possam encontrar seus amantes, certo? Nem tanto. A mesma pesquisa indica que as desculpas de quem está traindo não mudando muito.
De acordo com o Second Love, a mais usada é dizer que vai praticar esportes ou correr e, ao invés disso, encontrar com o outro (a). Essa a desculpa preferida por 34% dos usuários do site. E ela ainda cabe bem no verão, já que o clima da estação favorece a prática de esportes ao livre, na praia, no parque…
O mesmo tema já foi citado em uma pesquisa anterior. Segundo levantamento publicado no jornal “The Sun” em 2017, os homens citam esportes coletivos como desculpa para ver as amantes . Eles inventam jogos de futebol, partidas de rugbi e disputa de golfe, por exemplo.
De volta à pequisa do Second Love, a boa e velha reunião de trabalho que surgiu na última hora parecer ser algo comum entre os infiéis, já que 27% deles disseram que usam esse argumento como desculpa para ter tempo para trair.
Veja o ranking completo das desculpas mais usadas:
Praticar esporte/correr: 34%
Reuniões ou viagens de trabalho: 27%
Ir ao spa/cabeleireiro: 15%
Encontrar-se com amigos: 13%
Ir ao shopping: 4%
O namorado – que nunca foi fã de exercícios – resolveu sair para correr todos os dias? É melhor ligar o alerta.
IG

Nenhum comentário: