segunda-feira, 23 de setembro de 2019

FUNDO DE GARANTIA

Perdido nos prazos do FGTS? Saiba como garantir o saque de até R$ 500

Somente no primeiro dia de saques, R$ 5 bilhões foram depositados em 12 milhões de contas


Clientes correntistas da Caixa Econômica Federal nascidos até agosto tiveram até esse domingo, 22, para garantirem o saque de até R$ 500 por conta na próxima sexta-feira, 27. No entanto, quem perdeu o prazo ainda pode solicitar o saque até o dia 4 de outubro para receber no dia 9 do mesmo mês.
O correntista do banco pode autorizar o crédito pelo internet banking da Caixa, aplicativo do FGTS, site fgts.caixa.gov.br, telefone 0800 724 2019 ou direto na agência.
Calendários
O calendário divulgado pela Caixa ilustra as datas de saques para correntistas do banco:
  • Nascidos em janeiro, fevereiro, março e abril: que autorizaram até 8/9, receberam em 13/9;
  • Nascidos em maio, junho, julho e agosto: que autorizaram até 22/9, recebem em 27/9;
  • Nascidos em setembro, outubro, novembro e dezembro: se autorizarem até 4/10, recebem em 9/10.
  • Correntistas que autorizarem o crédito a partir do dia 5 de outubro receberão os valores em até 20 dias, de acordo com a Caixa.
Para quem tem poupança na Caixa, a próxima data de recebimento também é na próxima sexta-feira (27). Nesse caso, não é preciso autorizar o crédito. O valor será creditado automaticamente na conta.
  • Clientes poupança Caixa nascidos em janeiro, fevereiro, março e abril: receberam em 13/9;
  • Clientes poupança Caixa nascidos em maio, junho, julho e agosto: recebem a partir de 27/9;
  • Clientes poupança Caixa nascidos em setembro, outubro, novembro e dezembro: recebem a partir de 9/10.
Já para quem NÃO tem conta na Caixa, o dinheiro começará a ser creditado no dia 18 de outubro e segue até março de 2020, de acordo com o calendário:
  • Nascidos em janeiro: recebem a partir de 18/10/2019
  • Nascidos em fevereiro: recebem a partir de 25/10/2019
  • Nascidos em março: recebem a partir de 8/11/2019
  • Nascidos em abril: recebem a partir de 22/11/2019
  • Nascidos em maio: recebem a partir de 6/12/2019
  • Nascidos em junho: recebem a partir de 18/12/2019
  • Nascidos em julho: recebem a partir de 10/1/2020
  • Nascidos em agosto: recebem a partir de 17/1/2020
  • Nascidos em setembro: recebem a partir de 24/1/2020
  • Nascidos em outubro: recebem a partir de 7/2/2020
  • Nascidos em novembro: recebem a partir de 14/2/2020
  • Nascidos em dezembro: recebem a partir de 6/3/2020
Os saques para todos os contemplados poderão ser feitos até o dia 31 de março de 2020. Caso o dinheiro não seja sacado, volta para a conta do FGTS. O trabalhador NÃO PERDE o dinheiro.
Quem não quer sacar
Para quem tem poupança na Caixa o crédito é automático, sem ser necessário dar autorização. Se não quiser fazer o saque e preferir que o dinheiro permaneça no FGTS, deve avisar o banco até 30 de abril de 2020. Os canais para isso são o aplicativo do FGTS, o internet banking da Caixa ou o site fgts.caixa.gov.br.
Quem não tem poupança no banco e não quer sacar, basta não autorizar o crédito (no caso de correntistas) ou não fazer o saque nas agências (no caso de quem não é cliente).
Movimentando a economia
Somente no primeiro sábado de saques (13 de setembro), R$ 5 bilhões foram depositados em 12 milhões de contas da Caixa. O banco ainda registrou recorde de transações online com o início dos saques do FGTS.
desde o anúncio dos novos saques, foram mais de 70 milhões de acessos ao site do banco, e a central de atendimento telefônico específica para o saque imediato (0800 724 2019) atendeu cerca de 27,8 milhões de ligações até a tarde do dai 14. A Caixa registrou crescimento também em canais de atendimento, com mais de 8 milhões de transações.

Nenhum comentário: