segunda-feira, 12 de agosto de 2019

TORCEDOR DO BOTAFOGO-PB MORRE APÓS DAR ENTRADA EM HOSPITAL DA GRANDE NATAL; 'BATERAM NELE ATÉ DESMAIAR', DIZ IRMÃO

Hospital Municipal Dr. Percílio Alves, em Ceará-Mirim, na região metropolitana de Natal — Foto: Kleber Teixeira/Inter TV Cabugi
Um torcedor do Botafogo da Paraíba morreu após dar entrada no Hospital Municipal Dr. Percílio Alves, em Ceará-Mirim, região metropolitana de Natal, na noite deste sábado (11). Segundo a família, o homem foi espancado por policiais militares após pular o muro do estádio Barretão. A corporação afirmou que deverá se pronunciar oficialmente sobre o caso após a investigação que será feita pela Polícia Civil. 


De acordo com a guia de solicitação de exame cadavérico assinado pela equipe médica do hospital, o homem de 27 anos tinha marcas de contusão no tórax e no rosto, além de intoxicação alcoólica e indícios de uso de drogas ilícitas. 


O torcedor foi identificado como o auxiliar de serralheiro Eduardo Feliciano Justino da Silva, natural de João Pessoa. Ele veio veio ao Rio Grande do Norte numa caravana de torcida organizada para o jogo contra o Globo FC, pela Série C do Campeonato Brasileiro de futebol, marcado para 19h15 deste sábado (11) no estádio Barretão. A partida acabou com vitória do time paraibano por 3 a 0. 


Porém o rapaz sequer chegou a assistir ao jogo, porque precisou de atendimento médico. Ele deu entrada no hospital às 20h02, de acordo com a guia, confirmada pelo serviço social da unidade, apresentando rebaixamento de nível de consciência. Apesar das tentativas de socorro, ele não resistiu e morreu. 

Nenhum comentário: