terça-feira, 26 de março de 2019

Diferença salarial entre homens e mulheres na mesma ocupação no RN chega a 28,53%

Estudar mais melhora a renda de homens e mulheres, mas não garante a igualdade salarial entre os sexos. A conclusão é de um estudo elaborado pela área de Inteligência da plataforma Quero Bolsa, com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) sobre profissões e salários.
Segundo o levantamento, em 2018, no Rio Grande do Norte a profissão com maior diferença salarial favorável aos homens foi contador.


O salário médio pago aos profissionais do sexo masculino foi de R$ 2.619,49, enquanto as mulheres na mesma função receberam R$ 2.037,96, diferença de 28,53%. Entre as carreiras de nível superior com validade estatística para análise, nenhuma apresentou vantagem salarial significativa para as mulheres no estado. A média geral de diferença salarial entre homens e mulheres no estado potiguar foi de 17,43%.

Nenhum comentário: