terça-feira, 11 de dezembro de 2018

De volta à elite, Jadson André conta sobre etapa "mais emocionante" da carreira

Foto: (WSL/Keoki Saguibo)


De volta à elite, Jadson André conta sobre etapa
A comemoração empolgante, ainda no mar de Sunset Beach, na ilha de Oahu, no Havaí, representava o estado de êxtase no qual se encontrava o surfista potiguar Jadson André ao pegar duas ondas nos três minutos finais de prova e avançar para a semifinal da última etapa da divisão de acesso do surfe mundial. A emoção extravasada era significativa porque representava a consagração no ano de Jadson, que saberia minutos depois daquelas manobras que estava de volta à elite do World Surf League (WSL).
Se o ano marcará o seu momento de recuperação na carreira, essa etapa já tem um lugar especial na sua memória.
- Eu coloco essa última etapa de Sunset Beach como a mais emocionante da minha carreira. São 10 anos de circuito mundial e, sem sombra de dúvidas, foi a etapa mais emocionante. Óbvio, já venci outras etapas, já tive eventos marcados pela emoção, por ter vencido, por ter perdido. Mas esse evento de Sunset, venci, consegui a vaga e foi realmente o evento mais incrível, mais emocionante. Vários motivos fizeram esse campeonato ser o melhor evento que eu participei na vida - disse o surfista, que voltou a Natal após o término da temporada na divisão de acesso.
- Quando eu virei a bateria nas quartas, eu já fiquei louco. Nas entrevistas eu até falei que eu estava muito emocionado, mas precisava voltar para a semifinal, porque eu queria fazer a final. Estava ali concentrado, sossegado, tranquilo e o pessoal da WSL chegou dando a notícia que eu tinha classificado. Aí o corpo relaxou - relata.

Nenhum comentário: