sexta-feira, 22 de abril de 2016

Venezuelanos vão ficar sem eletricidade quatro horas diárias durante 40 dias

luz-apagada
A Venezuela anunciou hoje (21) um novo plano de racionamento de energia elétrica que passa pelo corte de fornecimento doméstico durante quatro horas diárias durante 40 dias, a partir do dia 25 próximo. O ministro da Energia Elétrica, Luís Motta Dominguez, explicou que a medida poderá se prolongar até o nível da principal barragem do país (El Guri) subir ou até começar a época das chuvas, no fim de maio.
“Com estas quatro horas diárias, os venezuelanos vão colaborar para deter a descida do nível [de água] da Central Hidrelétrica no Guri”, anunciou a televisão pública VTV. Segundo o ministro, a suspensão será feita ao longo do dia, em blocos de quatro horas, estando o serviço elétrico garantido para todos os venezuelanos apenas entre às 20 horas e à meia-noite.

Nenhum comentário: